[Resenha] Hush Hush #1, Sussurro - Becca Fitzpatrick

03:00

Nome: Sussurro
Título original: Hush hush
Autor (a): Becca Fitzpatrick
Ano: 2009
Nº de páginas: 264
Avaliação: 
Série: Hush hush #1


Se apaixonar nunca foi tão fácil… ou tão mortal. Para Nora Grey, romance não era parte do plano. Ela nunca se sentiu particularmente atraída por nenhum garoto de sua escola, não importa o quanto sua melhor amiga Vee os empurre para ela. Não até a chegada de Patch.
Com seu sorriso tranquilo e olhos que parecem enxergar dentro dela, Nora é atraída por ele contra seu bom senso. Mas após uma série de acontecimentos aterrorizantes, Nora não sabe em quem confiar. Patch parece estar onde quer que ela esteja, e saber mais dela do que seus amigos mais íntimos.
Ela não consegue decidir entre cair nos braços dele ou correr e se esconder. E quando tenta encontrar algumas respostas, ela se acha próxima de uma verdade que é bem mais perturbadora do que qualquer coisa que Patch a faça sentir. Pois Nora está bem no meio de uma antiga batalha entre os imortais e aqueles que caíram – e, quando se trata de escolher lados, a escolha errada poderá custar sua vida.











Mais anjos caídos em minha vida

   Seres sobrenaturais me fascinam desde que me lembro, mas comecei a me envolver nesse universo de anjos caídos após ler a saga Fallen. Esse livro é bom, não tão bom quanto Fallen, mas é bom, tem um enrredo que não é cansativo e o romance é bem leve, sem muitas emoções. A narrativa também é boa, não encontrei nenhum defeito. A história começa meio clichê, do tipo menina que nunca se interessou por ninguém conhece um cara misterioso e eles se apaixonam, mas são os detalhes que não deixam a história ficar sem graça.

     Patch Cipriano não é o tipo galã perfeitinho, o que já faz a história fugir do clichê habitual desse tipo de romance, e é um ponto positivo para a série. Ele faz o tipo bad boy marrento e mal encarado, e o passado obscuro e o jeito nada inofensivo faz dele o tipo de garoto que você definitivamente não apresentaria a sua mãe, ou melhor, que você nem se aproximaria se tivesse um pouquinho de bom senso. E é exatamente nesse ponto que a Fitzpatrick acertou em cheio, ao fugir do estereótipo de mocinho perfeito e impecável, ela cria um novo leque de possibilidades em relação a personalidade de um personagem principal, e assim, conquista uma nova onda de fãs e conquista leitores variados.

      Outro ponto positivo do livro é que a história não é um romance piegas, com complicações e vai e volta, pelo contrário, o foco da história é o risco que Nora está correndo. O leitor acompanha os dramas que ela passa e até torce para encontrar cenas fofinhas de Patch e Nora (que não são tão frequentes quanto eu gostaria que fossem...). Enfim, é ação e romance juntos com uma pitadinha de mistérios e acontecimentos sobrenaturais.

        O desfecho é interessante, não do tipo surpreendente, mais anda assim interessante, alguns fios soltos são deixados assim de propósito para serem desvendadas aos poucos nos outros livros, porém, mesmo assim o leitor não fica com aquela sensação de que está faltando algo ou fica sem entender o que está acontecendo. 

You Might Also Like

3 comentários

  1. Oi Gyh :)

    Essa foi uma série que me agradou muito por diversos motivos e me decepcionou um pouco por outros motivos, o meu livro preferido da série é Crescendo e o que menos gostei foi Silêncio. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii,
    gostei muito da sua resenha, tbm gostei do fato de Patch ser o tipo badboy e não o mocinho comportado que a maioria dos autores criam.

    ResponderExcluir

Subscribe