Sobre fazer 18 anos

07:27


Oii, 
Então, semana passada (dia 30) foi meu aniversário (eeeeeee \o/). Eu completei 18 anos e o que mais ouvi foi "Agora você tem que ter mais responsabilidades" "Agora você já adulta, tem que ser mais responsável", mas a verdade é que eu não me acho uma pessoa muito propícia a irresponsabilidades. Para quem não me conhece, eu sou do tipo caseira. Adoro passar o dia vendo série e comendo besteira, raramente saio de casa. 

Enquanto muitas colegas minhas adoram sair para beber ou para balada, eu detesto álcool, não suporto nem o cheiro de cerveja e acho balada sem graça. Mas não pensem que eu sou anti social, tenho meus amigos e saio com eles de vez em quando, a diferença é que gosto de fazer programas mais calmos. 

O fato de eu ter feito dezoito não significa que eu vá mudar quem eu sou ou o que eu gosto só por que as pessoas da minha idade agem de tal jeito. Posso até ser considerada estranha por algumas pessoas por não agir "de acordo com minha idade", mas isso é de mim. Adoro acordar tarde, ver seriados, ler e comer, mas também gosto de ir ao cinema ou sair com meus amigos para jogar conversa fora. 

Ter dezoito anos apenas mostra que eu estou ficando mais velha, e ficar mais velho exige responsabilidade, mas isso depende do estilo de vida de cada um. Conheço pessoas que começaram a trabalhar com 14 anos e hoje em dia sustentam a família, mas também conheço pessoas que tem 20 anos não fazem nada, nem mostram o menor interesse em crescer na vida. Tenho dezoito anos há menos de uma semana e já perdi a conta de quantos "agora você tem que ser responsável" já ouvi.

Tenho planos para minha vida até meus vinte e cinco anos. Quero fazer um curso de francês, quero viajar para fora do país, quero tirar minha carteira de motorista, quero morar sozinha, e quero ver o blog crescer cada vez mais. 

Agora eu pergunto a todos que me falaram para ser mais responsável: Se eu prefiro planejar minha vida e me organizar ao invés de sair toda sexta para beber, eu sou o quê? Sim, eu tenho uma vida social, saio, me diverto, mas não vou agir como uma algumas pessoas que conheço só para agradar os outros.

Desculpa o desabafo, é só que eu cheguei no meu limite e tinha que colocar isso para fora de alguma forma. Fazer dezoito era algo que eu esperava a muito tempo, poder dirigir, ou viajar, mas conseguiram transformar isso em algo estressante. Se algum de vocês já passou por algo parecido, comentem. :)

You Might Also Like

7 comentários

  1. Olá, tudo bem?

    Gostei muito do seu texto e concordo plenamente com você. Fazer 18 anos, ao contrário do que a maioria pensa, não é tão maravilhoso assim. Com ele vem as responsabilidades e, a farra e "diversão" são coisas ilusórias, é bom não se enganar com isso. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu texto. Você conseguiu mostrar uma realidade que muitos não entendem. Sim, existem adolescentes que não gostam de baladas ou de sair para encher a cara. E só em você falar sobre isso na internet, mesmo sabendo que existem pessoas que discordam de você, prova (na minha opinião) que você é madura para a sua idade.

    Parabéns pelo texto,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei de ver esse lado seu. Você se expressou sem medo e falou o que pensava.
    Concordo com você, muitos acham que só por que estão ficando "de maior" isso significa que vão sair para encher a cara e fazer o que quiser, quando na verdade é completamente diferente.

    ResponderExcluir
  4. Realmente, muitos pensam que dezoito anos significa sair para beber e passar a noite fora. Sim, tem que ter responsabilidade, mas isso não significa se isolar do mundo e sim saber lidar com tudo de uma forma mais madura. Por exemplo, quando eu fiz dezoito, meus pais praticamente me trancaram em casa. Essa falta de liberdade não me bem, não fiz nenhuma besteira, mas alguns na minha situação provavelmente teriam feito.
    Gostei de você tocar nesse assunto por que hoje em dia tudo é balada e bebida. Parabéns pelas palavras!

    ResponderExcluir
  5. O mais importante é que você está mostrando que não se importa com a opinião dos outros e isso é algo que muitas pessoas deviam aprender. Assim como você disse no texto, dezoito não significa sair para balada ou ir beber com os amigos, sim, é preciso responsabilidade mas liberdade e responsabilidade podem ser conciliadas.

    No seu caso, se você gosta de ficar em casa é uma opção sua. Só por que os outros gostam de sair para beber não significa que você é obrigada a isso. Adolescência não é algo que se tenha que seguir um manual, e sim uma fase da vida.

    Agora que você está passando para a vida adulta já tem muita coisa mudando, ter que se preocupar com a opinião dos outros é algo que só te atrapalharia. Fico orgulhosa em saber que sou fã de alguém tão independente, que não se importa com a opinião dos outros e faz o que gosta sem se incomodar com o que vão pensar.

    ResponderExcluir
  6. Esse assunto é um tanto delicado por que sempre gera discussão. Mas você conseguiu abordar do seu ponto de vista sem ficar algo chato de se ler.

    Tenho 20 anos, quando completei dezoito admito que pensava que a vida ia ser só festa, mas o tempo mostra como nos enganamos. Você está certa em fazer o que te faz feliz independente do que os outros pensam ou falam. Afinal, a vida é sua.

    Parabéns pelo texto, nem todos teriam coragem de se expressar dessa forma na internet, que o lugar onde mais aparece gente criticando e querendo opinar na vida alheia.

    ResponderExcluir
  7. Esse assunto é delicado hoje em dia, em um mundo que crianças tem virar adultos precocemente ao invés de agirem como crianças. Conheço muitas meninas da minha escola que com dezessete já são mães e se orgulham disso.

    Você está certa em abordar esse assunto pelo seu ponto de vista e mesmo que isso seja um desabafo, espero que você escreva mais sobre assuntos sérios. No Brasil de hoje, tem que ter algumas pessoas que ainda tem a cabeça no lugar e age de acordo com sua personalidade e não de acordo com o que a sociedade quer.

    ResponderExcluir

Subscribe