Só não repara na bagunça

09:55




Se quiser entrar no meu coração, fica a vontade, só não repara na bagunça. O último hospede fez um estrago e tanto. Não vou reclamar se você quiser me ajudar a arrumar meus sentimentos, mas por favor, se não for para ficar, peço que vá embora enquanto ainda não estou perdidamente apaixonada.

Entenda, tenho o péssimo hábito de afastar as pessoas quando há a mínima chance de sair magoada. Sei que estou com mania de culpar seu sorriso, seu abraço e tudo que comecei a adorar em você. Mas, na verdade, o problema sou eu. E todas as mágoas que tento esconder no fundo do armário.

Se meus fantasmas não te assustarem, peço que quebre esse muro que construí ao redor do meu coração e traga um pouco de esperança para essa garota que ainda acredita em finais felizes. Acho que temos muito que ensinar um ao outro.

Meus danos são mais profundos do que aparentam, mas o conserto não é tão complexo quanto fingo ser. É só que, acho que me acostumei tanto com a dor que me acomodei. Mas, vem. Vem e me mostra porque os outros eram testes, erros que precisei cometer para ser quem eu sou e saber como lidar com você em minha vida.

Sei que às vezes pareço ser um mar bravio, mas me mostra que tens coragem de mergulhar de cabeça em algo tão instável. Sei que às vezes pareço ser uma tempestade sem fim, mas me mostra como é bom ser uma garoazinha de fim de tarde. 

Se quiser ficar, prometo que tranco minhas inseguranças e controlo esse ciúme bobo que está começando a se manifestar. Se quiser ficar, prometo que só erro se você errar comigo. 

Cansei de me sentir sozinha, cansei de acordar de manhã sem um nome na cabeça, cansei de olhar meu celular e ver que não tenho uma mensagem de bom dia. Cansei.

Sinto falta daquele friozinho na barriga, sinto falta dos sorrisos em meio aos beijos, sinto falta daquela visita rápida só pra matar a saudade, sinto falta dos abraços apertados, sinto falta das mãos dadas. Sinto falta.

Todo mundo precisa sofrer de vez em quando, só assim a gente aprende como é viver de verdade. Mas, isso não significa que devemos nos acomodar na dor e esquecer que existe um lado bom em tudo. Eu era a minha âncora, eu estava me prendendo a algo que não me fazia bem e estava convencida de que era o certo a se fazer. 

Mas, agora vejo que isso tudo era muita babaquice minha, eu estava com medo de encarar meus medos, e ainda tenho medo de levantar para lutar e acabar levando outra rasteira. Só que se eu não criar coragem e enfrentar meus monstros, quem vai lutar por mim?

Então, vem e fica. Seja meu melhor amigo, meu amante, minha inspiração, a calmaria depois de tanta tempestade.

Vem e fica comigo a tarde, de bobeira em casa, ou na praia olhando para o mar. 

Só te peço, como amiga, que se isso tudo não for real, me acorde antes que seja tarde demais. Acho que meu coração não sobreviveria a outra perda.

You Might Also Like

0 comentários