Desculpa o clichê

01:00

Reprodução/Tumblr

Sabe aquele clichêzão de que o problema sou eu e não você? Então, infelizmente, sinto te informar que vou ter que usá-lo. Pois o problema realmente sou eu e não você. Sei que é provável que isso destrua os poucos sentimentos que você ainda tem por mim, mas preciso colocar tudo que venho guardando aqui dentro para fora.

Parafraseando outro clichê, você é o cara dos meus sonhos. Não exatamente o cara que sempre sonhei, mas meus sonhos se moldaram a sua volta de forma natural. Tudo o que sempre esperei de um cara encontrei em você, mas algo mudou. Eu mudei.

Tudo é incrível. Você é incrível, mas esse incrível já não se encaixa em mim. Não sei se essa minha mudança aconteceu da noite para o dia ou se fui mudando aos poucos. Mas agora já desejo outro futuro, já tenho outros sonhos. E esses novos sonhos não se encaixam em você como os antigos.

Você me conhece tão bem quanto eu mesma me conheço. Você sabe que de uns tempos pra cá eu não tô bem. Você sabia que alguma coisa estava errada e até tentou me ajudar. Mas isso é uma coisa minha. Não sei se é coisa de idade e a tal maturidade é responsável pela bagunça que tá aqui dentro, mas se uma coisa é certa é que preciso de um tempo sozinha para fazer uma limpeza bem pesada.

Preciso ficar sozinha para reavaliar a importância de algumas pessoas em minha vida, me afastar de outras que já não me fazem tão bem e me recuperar do vazio que vai ficar. Mas esse vazio é uma coisa boa. Às vezes é bom tirar pessoas que só estão de enfeite e o vazio faz parte. Mas depois ele é preenchido por novas lembranças, novos sorrisos e novos lugares. Não estou falando apenas de você, sabe? De todos que sei que preciso me afastar, você é de longe o que mais vai fazer falta.

Te desejo toda a felicidade do mundo e você sabe que não falo isso da boca para fora. Se você me conhece como espero que conheça, sabe que preciso fechar para balanço e decidir como seguir meu caminho daqui para frente.

Muita coisa aconteceu em pouco tempo e preciso desacelerar e analisar como essa montanha de novidades está me afetando. Então, desculpa os clichês, mas o problema sou eu e tudo que aconteceu nos últimos meses.


Espero que você entenda, mas caso isso não aconteça vou aceitar e entender sua rejeição. Mas infelizmente, esse é um momento só meu e preciso entender o que tudo isso significa e como vai afetar meu futuro daqui para frente.

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe