[Resenha] Radiante, série Riley Bloom #1 - Alyson Noël

01:00

Nome: Radiante
Título original: Radiance
Autor (a): Alyson Noël
Ano: 2011
Nº de páginas: 174
Avaliação: 
Série: Riley Bloom #1

Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia. Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley...













Adorável e encantador como a Riley

     Alyson Noël presenteou os fãs da série Os imortais criando a série Riley Bloom, que é protagonizada pela irmã caçula de Ever, Riley. Nela, o leitor acompanha o que aconteceu com Riley após cruzar a ponte. E realmente achei legal da parte da Noël fazer isso. Sem contar que é super divertida.

    Riley Bloom morreu a quase um ano, mas ao contrário do que muitos pensam, a vida não termina em morte. E mesmo que tenha demorado para cruzar a ponte, a jovem pentelha de doze anos, agora vive em uma dimensão completamente diferente, que Riley passa a chamar de Aqui & Agora, ou só Aqui.

     Após um "julgamento", Riley recebe a missão de se tornar uma Apanhadora de almas (ela tem que convencer as almas que insistem em continuar no plano terreno a cruzar a ponte). E junto com Buttercup (seu labrador amarelo), e Bodhi, seu guia/ professor/ treinador/ conselheiro/ chefe, voltam ao plano terreno, e lá iniciam suas aventuras.

     Me apaixonei por esse livro já nas primeiras páginas. A narrativa é leve e flui tranquilamente, isso torna a leitura ótima e prazerosa. O leitor é envolvido pela história de uma forma que se sente dentro dela (Bom, eu me senti). Espero que vocês gostem.

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe