[Resenha] O caminho para Woddbury, The Walking Dead #2 - Robert Kirkman e Jay Bonansinga

10:56

Nome: O caminho para Woodbury
Autor (a): Robert Kirkman e Jay Bonasinga
Nº de páginas: 361
Série: The Walking Dead #2


Há alguns meses que Philip Blake, o temido e ao mesmo tempo adorado Governador, organizou Woodbury para que a cidade murada fosse um local seguro no qual as pessoas pudessem viver em paz em meio ao apocalipse zumbi. E paz e segurança é tudo que Lilly Caul, que tenta desesperadamente sobreviver a cada dia que nasce, quer. Porém, mal sabe ela que seguir em direção a Woodbury é estar a um passo do perigo. Uma horda de errantes famintos não é nada perto do que se pode encontrar por lá.















ESTA RESENHA CONTÉM SPOILER!

Assim como no primeiro livro O caminho para Woodbury deixou um pouco a desejar no quesito terror, mas em suspense ele está muito superior. O Governador está no poder e as coisas estão mais tensas em Woodbury. A cidade se tornou um refúgio e um pesadelo. Os autores conseguiram transmitir todas as emoções dos moradores por meio de uma narração mais intensa e precisa, coisa que no primeiro exemplar não tinha.

Philip Blake agora é o adorado e ao mesmo tempo odiado Governador de Woodbury, mas seus métodos de comando são questionáveis, assim como sua sanidade. Mas todos concordam que a cidade é bem protegida, e que dificilmente um zumbi conseguiria invadir o local. Porém, os zumbis não são a única ameaça que eles tem que temer.

A situação se torna ainda mais tensa quando Lily, Bob, Josh, Megan e Scott se refugiam em Woodbury. De cara eles percebem que o sistema de governo imposto por Phillip é doentio. Mesmo enfrentando um apocalipse, as pessoas tem que propor trocas para conseguir suprimentos, essas trocas podem ser horas de trabalho na construção do muro que cerca a cidade, no caso dos homens, ou sexo, no caso das mulheres. Isso causa uma reação de nojo nos novos habitantes, mas por falta de opção eles acabam se instalando no local. Afinal, é ficar em Woodbury ou morrer de fome ou por errantes fora da cidade.

O Governador encontra um meio peculiar de divertir os moradores. Ele monta um show. Uma batalha entre os antigos poderosos, que reinavam antes de sua ascensão. Um pequeno espetáculo criado para distrair os moradores e ao mesmo tempo mostrar o que acontecerá com qualquer um que tente se voltar contra quem está no comando. Mas será que todos aceitarão essa submissão forçada? Ou será que alguém tentará destronar o temido Governador?

O enredo de O caminho para Woodbury está muito mais interessante que o de A ascensão do Governador, a história está mais empolgante e instigante, sempre deixando uma ponta solta que desperta a curiosidade do leitor. Os personagens ainda estão um pouco entediantes, acho que os autores poderiam ter explorado mais a personalidades de cada um deles. Mas em resumo a história está melhor que a anterior e espero que o próximo livro seja ainda melhor que esse. 

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe