[Resenha] Coraline - Neil Gaiman

01:00

Nome: Coraline
Autor (a): Neil Gaiman
Nº de páginas: 159

Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.






Uma história assustadora para crianças... por que não? Eu tenho 18 anos e admito que em alguns momentos Coraline pode assustar de verdade. Então, se você é uma criança e pretende ler esse livro, só espero que já tenha parado de ter medo dos monstros em baixo da cama... Se ainda tem medo, espere mais alguns anos para ler, então.

Nas poucas páginas o autor conseguiu criar um mundo onde muitas crianças gostariam de viver, pelo menos as partes boas... A "outra mãe" é sonho de consumo de qualquer um que não aguenta as cobranças e gostaria de comer o que quisesse quando sentisse vontade.

Tentador, não? Eu achei... Mas, se fosse você? Abriria a portinha e largaria tudo?

Coraline abriu e se aventurou nesse mundo perfeito. Seus novos pais são perfeitos. A única diferença é que seus olhos são botões. E se Coraline quiser viver daquele jeito para sempre, a única coisa que ela tem fazer é deixar que sua outra mãe costure botões nos seus olhos também.

Nesse novo mundo, tudo é impecável. Seu vizinho maluco possui um circo onde os ratos são os protagonistas e roubam a cena. Suas vizinhas idosas são bailarinas impressionantes. E ela ainda conhece um gato astuto que a alerta sobre os perigos escondidos nos sorrisos e carinhos da outra mãe.

Quando ela começa a transitar entre os dois mundos e vê que seus verdadeiros pais estão em perigo é que Coraline começa a considerar os reais perigos que existem no mundo que ela considerava fantástico.

A narrativa é simples e sem muitos detalhes. O autor desenrola a trama de forma rápida, porém bem interessante, prendendo a atenção do leitor nas cem páginas do início ao fim. O horror é voltado para os pequenos leitores. E a mensagem está nas entrelinhas: Nem tudo é o que parece. Nada é perfeito.

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe