[Resenha] O escorregador de gelo, Desventuras em série #10 - Lemony Snicket

08:27

Nome: O escorregador de gelo
Autor (a): Lemony Snicket
Nº de páginas: 280
Série: Desventuras em série #10

Por mais azarados que sejam, até agora os órfãos Baudelaire pelo menos sempre estiveram juntos. Pois neste livro décimo a tragédia é ainda maior: separados do bebê Sunny, Klaus e Violet são obrigados a descer uma montanha escorregadia, enquanto tentam salvar a irmã mais nova das garras do temível conde Olaf.Será que os Baudelaire finalmente descobrirão o significado da sigla C.S.C.? Será que, desta vez, o final será feliz? É provável que não. Como sempre, a história está repleta de mistérios e mensagens secretas, situações absurdas, desgraça e mal-estar para todos - menos para o leitor, é claro. Mas quem gosta de alegria não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois a vida dos Baudelaire é sempre uma desventura pior do que a outra.Desventuras em Série é um fenômeno editorial em todo o mundo. Desde seu lançamento, em 1999, a série já vendeu mais de 6 milhões de exemplares, em 37 países. Pseudônimo do escritor Daniel Handler, Lemony Snicket leva o exagero às raias do absurdo e faz o realismo perder feio para o mais deslavado faz-de-conta. O resultado não poderia ser outro: um jogo literário incessantemente bem-humorado. Snicket homenageia Edgar Allan Poe e Charles Baudelaire, pais da literatura de mistério e da poesia simbolista, subvertendo os padrões bem comportados da literatura infanto-juvenil para compor uma saga engraçada e arrepiante.

O décimo livro os jovens Baudelaire passam pela pior desventura de suas vidas. Pela primeira vez, a série mostra dois pontos de vistas diferentes ao longo da história. O leitor acompanha o que está acontecendo com Sunny, enquanto a pequena Baudelaire está nas garras do pérfido vilão, Olaf. E Klaus e Violet, enquanto os irmãos tentam encontrar e resgatar sua irmã caçula.

Os Baudelaire mais velho sobem a montanha devagar e enfrentando os mosquitos da neve. No meio do caminho se deparam com os Escoteiros da Neve, que são liderados pelo Tio Bruce, que estão escalando para comemorar a Falsa Primavera, e coroar a rainha no mesmo evento. Então, após se disfarçarem, mais uma vez, eles se juntam aos escoteiros para não terem que subir sozinhos.

Para a surpresa dos órfãos e do leitor, um dos escoteiros é ninguém menos que Carmelita Spats, a garota horrível que eles conheceram no colégio interno. Carmelita é sobrinha de Tio Bruce, e se autodenomina rainha da primavera. 

Junto com os escoteiros, Violet e Klaus também conhecem um jovem de suéter, que dá vários indícios de que sabe sobre C.S.C. 

Enquanto seus irmãos estão subindo a montanha coberta de neve, Sunny é refém de Olaf e sua trupe. A Baudelaire mais nova é obrigada a cozinhar para os vilões, e mesmo se encontrando em uma situação horrível, Sunny se diverte um pouco ao criar receitas com os ingredientes que tem a mão. Mas, infelizmente, todas as suas tentativas de agradar o paladar dos vilões não são bem sucedidas. Eles sempre encontram algo para reclamar.

Nesse volume, o autor amarra mais pontas soltas e dá ao leitor mais pistas sobre C.S.C. e sobre o que está por vir nos próximos livros. A narrativa única torna desventuras em série um livro de fácil leitura e divertido. Indico a todos que leram os primeiros livros. A reta final é mais empolgante que todos os outros juntos!

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe