[Resenha] Poder, Política e Poltergeists Petulantes, Histórias de Hogwarts #2 - J K Rowling

17:46

Nome: Poder, Política e Poltergeists Petulantes
Autor (a): J K Rowling
Nº de páginas: 71
Série: Histórias de Hogwarts #2

Nenhum Primeiro Ministro trouxa jamais pôs os pés no Ministério da Magia, por razões que foram sucintamente resumidas pelo ex-Ministro Dugaldo McPhail (mandato de 1858 a 1865): "seus cerebrozinhos não conseguiriam lidar com isso". - J.K. Rowling
Pottermore Presents é uma coleção de textos de J.K. Rowling: pequenas leituras que foram apresentadas originalmente em pottermore.com. Esses e-books, com curadoria do Pottermore, levarão você além das histórias de Harry Potter já que J.K. Rowling revela suas inspirações, detalhes intricados das vidas dos personagens e surpresas do mundo bruxo. 
Essas histórias sobre poder, política e poltergeists petulantes lhe oferecem um vislumbre do lado mais sombrio do mundo bruxo, revelando as raízes da implacável Professora Umbridge, informações sobre os Ministros da Magia e a história da prisão de Azkaban. Você poderá sondar mais a fundo os primeiros anos de Horácio Slughorn como mestre de Poções em Hogwarts - e sua relação com Tom Servoleo Riddle.


Se você, assim como eu, é um potterhead, precisa ler esse e-book. Nele temos acesso a mais informações sobre Umbridge, o Ministério da magia, as poções, Quirell, Azkaban, entre outros assuntos.

Logo no primeiro capítulo o leitor pode ler sobre Dolores Umbrigde. A pior professora que já passou por Hogwarts e uma das pessoas mais detestáveis que já existiu no mundo da magia. Nesse texto da J.K. ela fala sobre a infância de Umbrigde e como foi sua passagem pelo Ministério. E, no final, Tia Jo nos conta como surgiu a inspiração para criar Umbrigde e como escolheu seu nome.

No segundo capítulo o leitor aprenderá mais sobre os ministros da magia e Azkaban.  Aprendemos como o Ministério foi criado e quem foram os ministros da magia, seu tempo no posto e o que aconteceu enquanto eram ministros. Adorei aprender mais sobre a política do mundo bruxo.

Quanto a Azkaban, o leitor saberá como a ilha se tornou prisão e tudo o que levou a isso. Vemos os problemas que surgiram quando Voldemort conquistou sua ascensão. Aprendemos sobre os dementadores que vivem por lá e o que aconteceu com ela depois da Batalha de Hogwarts. No final, Rowling ainda nos conta como escolheu o nome da prisão.

No terceiro capítulo conhecemos Horácio Slughorn mais afundo. O leitor vê como foi a infância dele, sua primeira fase como professor, sua relação com Voldemort, sua aposentadoria, como ele começou a se esconder quando Voldemort retornou, sua segunda fase como professor, como foi sua vida quando os comensais da morte estavam governando Hogwarts e seu papel na Batalha de Hogwarts. No final, tia Jo nos conta como escolheu seu nome.

Também aprendemos um pouco mais sobre poções. O que aconteceria se um trouxa tentasse criar uma poção? Mesmo tendo todos os ingredientes necessários? No final, J. K. nos conta como surgiu a matéria “poções”, e os ingredientes que são usados nelas. Por exemplo, sabiam que a maioria dos ingredientes descritos nos livros realmente existem?
A poção polissuco também é dessecada nesse exemplar. Por que Mione ser capaz de criar essa poção é tão impressionante? Rowling explica! Ela também nos dá detalhes da poção e no final, nos conta como foi o processo de pesquisa para os ingredientes e como escolheu o nome.

Também temos uma explicação de porque os bruxos usam caldeirões no processo de criação das poções. Alguns materiais de que são feitos e no final, ela nos dá mais detalhes de sua escolha (mesmo sendo comum bruxos usarem caldeirões – e esse sendo um dos motivos mais fortes).

No quarto capítulo aprendemos sobre Quirino Quirell. Como o primeiro professor de DCAT de Harry acabou como hospedeiro de Voldemort? Descobrimos nesse livro! Aprendemos sobre a personalidade de Quirell e o motivo de querer sempre se destacar de alguma forma (o que não acabou muito bem, né?!). No final, J.K. nos conta como escolheu seu nome.

E o e-book é finalizado com ninguém menos que nosso querido Poltergeist, Pirraça. 
Aprendemos mais sobre os Poltergeists e o que torna Pirração tão especial. Como foi a tentativa falha de um zelador de Hogwarts de se livrar dele (em resumo, não deu certo. Nem um pouco. Foi horrível.) Mas, como sabemos, Pirraça não é imune a autoridades, ele obedece alguns professores e tem medo do fantasma da Sonserina, o Barão sangrento. Adorei aprender sobre esse Poltergeist que deixou os livros mais divertidos.

Como eu disse acima, esse livro é perfeito para os fãs de Harry Potter. “Mas, Ingrid, eu só vi os filmes, não li os livros ainda, posso ler?” Siiiiim! Esse livro não tem nenhum spoiler dos livros (E vai por mim, se você só viu os filmes, pode receber muuuuuuuuuuuuuuuitos spoilers da história ainda.) É uma leitura rápida, mas bem divertida e informativa. Adoro esses textos que são postados no Pottermore e fiquei bem feliz quando soube desses e-books.

E, antes que você pergunte, não, não precisa ler os livros na ordem. É uma série de livros? Sim, mas não histórias a parte, então pode ler na ordem que quiser! 

You Might Also Like

4 comentários

  1. Nossa, preciso ler esse livro! Tô meio desatualizada com as histórias que saem no pottermore, mas como potterhead fiel, preciso ler essas histórias que a J.K. vem escrevendo. Adorei sua resenha!

    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não sabia da existência desse ebook, uma potterhead desinformada essa sou eu. Adorei conhecer! Vou procurar lê-lo e em breve te conto o que achei!
    Squad Of Readers

    ResponderExcluir

Subscribe