Não seja o porquê de aguém

06:11


Terminei de assistir 13 reasons why e vi um vídeo que a Bruna Vieira fez e lembrei de algumas coisas que aconteceram comigo (Tanto em alguns episódios, como com o vídeo dela), e decidi compartilhar um pouco disso com vocês.

PRECISAMOS falar sobre bullying e combater ele em todos os lugares que ele possa surgir. Bullying não é uma brincadeira. Bullying é uma coisa séria que pode acarretar inúmeros problemas para quem é alvo e as consequências (como a série mostra) podem ser graves e irreversíveis. 



You Might Also Like

3 comentários

  1. Parabéns pela coragem de gravar esse vídeo.
    Acho esse tema delicado e concordo com você que as pessoas parecem ter medo de falar a respeito,principalmente nas escolas, que é justamente o lugar onde mais deveria ser abordado.
    Eu também sofri bullynig na escola, na sexta série eu mudei de escola e para piorar entrei na escola nova em abril, os grupinhos já estavam formados e todo mundo já se conhecia. Um grupo de garotos que ficava sentado no fundo da sala todo dia faziam piadas pq eu usava aparelho e óculos. Os professores ignoravam e eu fiquei tão triste, aquilo me afetou tanto que eu implorei a minha mãe para mudar de escola em julho, durante as férias.
    E a escola nova foi incrível, eu fiz amigos rápido e até hoje fico feliz por ter conversado com minha mãe sobre o que estava acontecendo e ter mudado de escola.
    Como você disse, é importante falar. Não falar só piora as coisas.

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca sofri bullying na escola, mas acho que esse assunto tem que ser tratado sempre nas escolas, o que não é feito.

    Eu vi seu vídeo e lembrei de algumas pessoas com quem estudei. Na época eu me perguntava pq elas agiam daquela forma, pq ficava chorando, eu era uma das pessoas que riam das piadas e hoje me arrependo disso.

    13 reasons why é uma série pesada para um público mais novo, mas levanta uma questão importante e os professores podem usar o tema para iniciar debates nas salas de aula.

    ResponderExcluir
  3. Eu sofri bullying na segunda e terceira série. Um grupo (os populares sabe?!) ficavam rindo de mim durante as aulas de educação física e aquilo mexia muito comigo. Mas eu não sabia como falar com minha mãe. E não conseguia falar com ninguém sobre isso.
    A situação só melhorou pq quando eu estava na quarta série esse colégio faliu e eu mudei para outro. Nesse outro colégio eu já conhecia algumas meninas pq moravam no mesmo prédio que eu e como elas já estudavam lá me apresentaram aos outros colegas e eu acabei fazendo amigos.
    Realmente, qdo eu era mais nova não falavam de bullying, era "brincadeira de criança" ou "brincadeira de mal gosto" não era visto como algo sério e mesmo hoje em dia ainda tem pouco "barulho" a respeito. Acho que deveriam fazer debates em sala de aula e mostrar os danos terríveis que o bullying pode causar na vida de alguém. Ainda tem uma estrada enorme pela frente e se ninguém começar a falar sobre o assunto ele vai ficando de lado e só quando algo extremo acontecer (como na série mostra que depois da morte de Hannah as pessoas começaram a falar de suicídio) é que vão voltar a falar de bullying como algo sério.

    ResponderExcluir

Subscribe