[Resenha] A identidade secreta dos super-heróis - Brian J. Robb

13:20

Nome: A identidade secreta dos super-heróis
Autor (a): Brian J. Robb
Nº de páginas: 304
(Cedido em parceria com a editora)

Do Super-Homem aos Vingadores, a evolução das lendas dos quadrinhos. A primeira aparição do Super-Homem em 1938 foi um momento sísmico na cultura pop mundial. Desde então, centenas de super-heróis foram criados, desconstruídos e reinventados para novas gerações de fãs de revistas em quadrinhos, especialmente os ícones da DC, Batman e Mulher-Maravilha, e os X-Men e Vingadores, do Universo Marvel. Você sabia que o Capitão América surgiu socando Adolph Hitler em sua revista de estreia? Que vários elementos da mitologia do Super-Homem, como a kriptonita — seu ponto fraco — e o amigo Jimmy Olsen, vieram do seriado de rádio e só depois foram incorporados aos gibis? Que a famosa minissérie Guerras Secretas, da Marvel, foi criada por encomenda para lançar uma linha de brinquedos e que foi publicada no Brasil completamente adulterada e mutilada? Esses e outros segredos guardados a sete chaves pelos personagens das HQs estão em A Identidade Secreta dos Super-Heróis. Nesta ampla e fascinante exploração do fenômeno dos heróis dos quadrinhos, Brian J. Robb mapeia a ascensão dos super-heróis americanos, do auge inicial na era da Grande Depressão em gibis descartáveis ao renascimento brilhante nos blockbusters mais populares do cinema do século XXI.






Se você, assim como eu, é obcecado fã de HQs de super-heróis, já viu todos os filmes da Marvel e, quem sabe, até cresceu assistindo X-Men e Liga da Justiça no SBT quando voltava da escola, esse livro é uma leitura quase obrigatória.

Ao longo das 300 páginas, o autor nos conta várias curiosidades sobre o universo dos quadrinhos, como por exemplo, você sabia que a primeira revista em quadrinho trazia o Super-homem na capa e foi lançada em abril de 1938 por 10 centavos? E quem em 2010, um exemplar dessa revista foi vendida por 1 milhão de dólares?

O autor também nos conta onde os criadores e co-criadores dos heróis buscaram inspiração para criarem seus personagens, suas histórias, seu passado e suas personalidades distintas. O livro também mostra o lado "obscuro" do universo dos quadrinhos, como personagens que foram plagiados e até o "roubo" de funcionários da concorrência para criar uma equipe.

Robb também narra a ascensão da Marvel, que surgiu para competir com a DC comics, que até o momento dominava o mercado dos quadrinhos. O autor também narra detalhadamente como foi o surgimento dos heróis e vilões que hoje conhecemos tão bem (ou achamos que conhecemos, já que esse livro é um tipo de dossiê impecável sobre tudo que envolve esse universo).

Tudo que falei acima não é nem metade do conteúdo geral do livro. O autor nos transporta para cada era dos quadrinhos, narrando tudo que aconteceu de mais importante até o momento atual.

O leitor vai descobrir como foi a longa caminhada dos super-heróis, das revistas vendidas por 10 centavos até os filmes que arrecadam bilhões de dólares em todo o mundo e lotam os cinemas anualmente, se tornando recordes de bilheterias.

Saindo do assunto abordado no livro e indo para o exemplar físico, a editora está de parabéns. A diagramação do livro está linda e tem uma atmosfera HQ que eu amei. A capa tem os traços dos desenhos dos quadrinhos e as fontes também seguem esse estilo.

Se você é um fã de HQs e tudo que envolve o universo dos heróis, PRECISA ter esse livro na sua estante.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Vi esse livro em uma livraria aqui na minha cidade, mas achei que era um livro bobinho sobre super-heróis, como muitos que já fizeram para crianças por causa dos brinquedos e tudo que já foi feito voltado para um público mais novo. Pensei que era só mais um truque de marketing, mas sua resenha me deixou curioso. Vou colocar ele na minha estante do skoob para ler depois.

    ResponderExcluir

Subscribe